• Redação

Prefeitura afirma que não há previsão de ajuda financeira à VCG; Funcionários anunciaram greve

Empresa responsável pelo transporte público de Ponta Grossa anunciou que não tem condições de pagar salário dos funcionários.

A Prefeitura de Ponta Grossa afirmou que não há previsão de ajudar financeiramente a Viação Campos Gerais a pagar os funcionários.


A empresa responsável pelo transporte público da cidade anunciou nessa semana que devido ao decreto de lockdown, não tem condições de pagar a segunda parcela dos salários prevista para o próximo dia 25.


O transporte coletivo está suspenso em Ponta Grossa até o dia 28. Conforme a VCG, atualmente a continuidade da operação dos serviços está ameaçada e incerta.


A concessionária afirma que a paralisação das atividades impacta na receita e que a prefeitura ainda não se manifestou sobre medidas emergenciais. À reportagem, a administração informou que não há previsão de nenhum tipo de subsídio à empresa.


Na última quinta-feira (17), os funcionários da VCG anunciaram que vão entrar em greve a partir do dia 29 de março, caso não recebam a segunda parcela do mês de fevereiro.


Segundo o sindicato da categoria, um ofício foi enviado para a VCG e à Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT) informando sobre a greve.


Ouça:


Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

- Ponta Grossa

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011 

Email

jornalismo@cbnpg.com.br

Contato Comercial

opec@cbnpg.com.br