• Thailan Jaros

Controle de Zoonoses confirma caso de raiva em morcego no centro de Ponta Grossa

A raiva é uma zoonose grave que acomete mamíferos, inclusive o homem.

Foto: Ilustrativa/Agência Brasil

O Controle de Zoonoses confirmou, ontem (17), um caso de raiva em um morcego em Ponta Grossa. O animal foi encontrado no centro da cidade.


A raiva é uma zoonose grave que acomete mamíferos, inclusive o homem. Conforme o Controle, pode resultar em morte em quase 100% dos casos.


A doença é transmitida pela saliva de mamíferos infectados, através da mordedura, arranhadura ou lambedura e o principal transmissor é o morcego.


De acordo com a Zoonoses, o último caso de morcego com raiva em Ponta Grossa foi registrado em 2018. A equipe da Coordenação de Zoonoses visitou as casas próximas de onde o morcego foi encontrado e orientou os moradores.


Segundo o Zoonoses, os morcegos ficam mais comuns na zona urbana entre outubro e março. É o período de reprodução desses animais. Nessa época eles ficam mais ativos e aumentam as ocorrências, principalmente os casos em que são encontrados caídos no chão.


Algumas espécies, inclusive, estão adaptadas às cidades porque encontram alimentos em abundância e abrigo em forros de casas e prédios.


Para evitar a transmissão alguns cuidados são necessários. A Zoonoses orienta que caso alguém encontre algum morcego morto ou caído durante o dia, é preciso cobri-lo com um balde ou caixa de papelão e não permitir que outros animais entrem em contato.


Depois disso, deve comunicar a Coordenação de Zoonoses para que seja realizada a coleta do animal. Também orienta que a população não encoste diretamente em um morcego.


A coordenação ressalta que não é para maltratar esses animais, já que eles são protegidos por uma lei federal e são importantes para a polinização e para o controle de insetos.


A orientação do Zoonoses é para que as pessoas vacinem os cães e gatos com a antirrábica todos os anos e nunca tocar em animais silvestres, principalmente morcegos.


Caso a pessoa seja agredida por um morcego, deve lavar o ferimento com água e sabão e procurar imediatamente o serviço de saúde mais próximo.


Sintomas de raiva em seres-humanos


- paralisia muscular;

- aumento da sensibilidade;

- dificuldade de coordenação motora;

- convulsões.


Sintomas em outros mamíferos


- mudança de comportamento;

- salivação abundante;

- agressividade;

- dificuldade para engolir.


Qualquer dúvida sobre a doença o Zoonoses disponibiliza o telefone 3220 1000, Ramal 4094 ou 4095.