top of page
  • CBN Ponta Grossa

Destaques de 2023: Prefeitura atinge mais de 350 km de estradas rurais recuperadas

Com investimento total nas obras realizadas em 2023 soma R$ 3,6 milhões na manutenção das vias, e R$ 1,8 milhão na aplicação de cerca de 20 mil metros cúbicos de cascalho


A Prefeitura de Ponta Grossa atingiu no início do mês de dezembro a marca de 350 km de estradas rurais recuperadas através do Programa Caminhos do Agro, da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O trabalho, que foi realizado ao longo do ano, consiste no patrolamento, escarificação, cascalhamento e compactação do leito de vias rurais. As obras também contemplam a execução e manutenção dos dispositivos de drenagem, como as caixas de contenção, saídas laterais, bueiros e caixas de dissipação.

 

“É a mais completa ação de recuperação de estradas rurais da história do município. Algo inédito, que visa à melhoria no tráfego dos moradores das áreas rurais, bem como o escoamento da produção agrícola local”, destaca a prefeita Elizabeth Schmidt.

 

De acordo com o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Bruno Costa, o investimento total nas obras realizadas em 2023 soma R$ 3,6 milhões na manutenção das vias, e R$ 1,8 milhão na aplicação de cerca de 20 mil metros cúbicos de cascalho.

 

“A partir dos serviços que estão sendo realizados, será preciso apenas a reestruturação de trechos pontuais que venham a ser danificados pelas fortes chuvas e limpeza de caixas de contenção de água, cascalhamento em pontos críticos, que são necessários para a durabilidade da estrada”, diz o secretário, ressaltando que o primeiro ano de trabalho foi apenas o ponto de início da estruturação.

 

“Com a sequência do programa pretendemos manter as nossas estradas rurais em boas condições tanto no período da safra quanto para o turismo, o transporte escolar e a circulação de pessoas”, afirma Bruno Costa.

 

As equipes do programa Caminhos do Agro já executaram obras em várias localidades da área rural, como a região do Alagados, Estrada Velha para Carambeí, Guaragi, Itaiacoca, Taquari e Uvaia.

 

Em Guaragi, as equipes trabalharam na recuperação de diversas estradas como a do Taboleiro, Caminho Grande, Roxo Roiz, Faxinal Grande e Sutil. Neste momento, os serviços seguem na Vila Rural e depois vão para a vila de Guaragi. Em Itaiacoca houve a recuperação de toda a estrada do Mato Queimado, da Estrada da Conceição, os acessos ao Cerrinho e a Conceição dos Florianos, Carazinho, Sete Saltos de Baixo, Sete Saltos de Cima, e, hoje, estão na região próxima ao Biscaia.

 

“Antes haviam produtores rurais com dificuldades com as estradas, pois alguns pontos há anos estavam críticos. Se mantiver esse ritmo anualmente, a gente vai conseguir manter as estradas em boas condições”, afirma Felipe Marteloti, que é produtor rural de Guaragi.

 

A produtora rural Andressa Seliger também ressalta a importância do trabalho que vem sendo feito nas estradas de Guaragi para manter as condições de tráfego mesmo com as fortes chuvas. “Devido aos temporais que ocorreram, os problemas aparecem em alguns pontos das estradas, mas, no geral, está ótimo”, avalia.

 

No Taquari, as esquipes realizaram a manutenção das estradas da Colônia Gertrudes, Colônia Moema, do Taquari dos Polacos, Colônia Dourados, Colônia Trindade e, hoje, realizam a reestruturação da estrada do Taquari dos Russos, que foi danificada pelas chuvas. Na região do Alagados, a equipe foi deslocada para atendimento dos pontos em que a chuva deixou a estrada intransponível, sendo os trechos recuperados. Agora trabalham na manutenção dos demais trechos da região.

 

O produtor rural Lauro Schneider conta que as chuvas fortes causaram transtornos aos moradores da região do Taquari, inclusive com a interdição da via. “As nossas estradas chegaram a ficar intransitáveis por um dia, mas nós acionamos a Prefeitura, que nos atendeu prontamente e devolveu a trafegabilidade para a nossa estrada”, disse.

 

Dimas Swiech da Rocha, que é morador do Taquari dos Polacos, afirma que a presença das máquinas nunca foi vista com tanta frequência na localidade. “Era uma vez por ano que a gente tinha esse patrolamento, agora já foram três vezes só neste ano”, conta.


Fotos: Divulgação

Das Assessorias


bottom of page