top of page
  • CBN Ponta Grossa

ELEIÇÕES: Ponta Grossa recebe quase mil pedidos de voto em trânsito

Prazo para o pedido terminou na última quinta-feira (18).


Quase mil eleitores indicaram Ponta Grossa para o voto em trânsito nas eleições deste ano. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE), 989 pessoas com título registrado em outra cidade pediram o registro temporário para o primeiro e segundo turnos.


No Paraná, mais de 24 mil eleitores aderiram ao voto em trânsito. A maioria deve votar em Curitiba. Segundo o TRE, 6.901 pessoas indicaram a capital para participar das eleições deste ano.


Em seguida está Foz do Iguaçu, com 3.493 eleitores, Londrina com 2.084 e Maringá com 1.992. Cascavel foi indicada por 1.115 pessoas. Conforme o Tribunal, 757 eleitores indicaram Toledo para votar em trânsito, 694 pessoas escolheram São José dos Pinhais e 568 Guarapuava. Paranaguá foi escolhida por 497 eleitores e Araucária por 328.


O voto em trânsito é permitido em municípios com mais de 100 mil habitantes. A iniciativa garante que o eleitor que estiver fora do domicílio eleitoral participe da eleição. O prazo para o pedido terminou na quinta-feira (18).


De acordo com a Justiça Eleitoral, o eleitor pode pedir o voto em trânsito em somente um ou nos dois turnos das eleições. É possível, inclusive, votar em trânsito em um município no primeiro turno e em outro local no segundo turno. Quem faz a solicitação do voto em trânsito precisa justificar caso não compareça ao local indicado.


Caso o eleitor esteja no mesmo estado do domicílio eleitoral pode votar para todos os cargos (presidente, governador, senador, deputado federal e estadual).


Mas se estiver em outro estado, pode votar somente para presidente da república. Essa alteração temporária é válida somente para as eleições deste ano. Quem pedir o voto em trânsito e cancelar a viagem por qualquer motivo não poderá votar no cartório de origem.


Comments


bottom of page