• Redação

Hemepar de Ponta Grossa inicia coleta de plasma para tratamento da Covid

Técnica utiliza plasma convalescente, a parte líquida do sangue coletada dos pacientes curados, para tratar pessoas que tenham sido contaminadas pelo vírus e estejam no início dos sintomas, ainda no quadro leve.

Hemepar inicia projeto-piloto com uso de plasma para tratar Covid-19. Foto: Divulgação/Hemepar

Nesta semana, o Hemepar de Ponta Grossa começou a convidar pessoas que se recuperaram da Covid-19 para participarem de um projeto-piloto, do Governo do Estado, para o tratamento da doença.  A técnica utiliza plasma convalescente, a parte líquida do sangue coletada dos pacientes curados, para tratar pessoas que tenham sido contaminadas pelo vírus e estejam no início dos sintomas, ainda no quadro leve.


Para ser voluntário, o paciente recuperado precisa atender alguns critérios, como ter entre 18 a 59 anos, mais de 55 quilos e apresentado sintomas leves da Covid-19 (veja abaixo).  Segundo o Hemepar, os doadores vão passar por exames para confirmar a presença de anticorpos. Após essa etapa, será feito o agendamento para a coleta de plasma convalescente (plasma hiperimune).


O sistema imunológico da pessoa que foi contaminada pelo vírus produz proteínas na corrente sanguínea para combater a doença – os chamados anticorpos. Sendo assim, após a recuperação do paciente infectado, os componentes sanguíneos com estes anticorpos podem ser coletados e utilizados em outras pessoas para auxiliar no tratamento da doença.


A Chefe do Hemepar de Ponta Grossa, Nelsi de Oliveira, destaca como o projeto-piloto acontece.


Ouça abaixo


As pessoas que testaram positivo para o coronavírus e queiram ser doadores devem entrar em contato com o Hemepar pelo telefone 3223-1616.


Projeto

O projeto da instituição conta com o apoio do Laboratório Central do Estado (Lacen/PR), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Complexo Hospitalar do Trabalhador (CHT) e Vigilância Epidemiológica da Secretaria da Saúde.


Homens e mulheres podem participar. Confira todos os critérios para se tornar um doador de plasma convalescente:

- Ter idade entre 18 e 59 anos;

- Ter apresentado sintomas leves da Covid-19;

- Pesar mais de 55 quilos;

- Estar no período entre 45 e 60 dias da data do diagnóstico do vírus;

- Não ter tido ou estar com Sífilis, Chagas, Malária, HIV, HTLV, Hepatite B e C;

- Mulheres que não tenham filhos e que nunca tiveram um aborto.


Ouça o áudio da matéria:


Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

- Ponta Grossa

- Paraná

- Brasil 

Ligue

Fone: (42) 3028-1300

Whats: (42) 99994-1011 

Email

jornalismo@cbnpg.com.br

Contato Comercial

opec@cbnpg.com.br