top of page
  • Ricardo Silveira

Presença da variante Ômicron é identificada desde dezembro em Ponta Grossa

Os estudos foram realizados pelo Laboratório Universitário de Análises Clínicas da UEPG

(Foto: Jéssica Natal).

O Laboratório Universitário de Análises Clínicas da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Luac-UEPG) identificou a presença da variante Ômicron em Ponta Grossa. Os estudos apontam que a mutação do vírus Sars-Cov-2 circula na cidade, no mínimo, desde o dia 13 de dezembro de 2021.


A confirmação veio após testes de amostras enviadas ao Laboratório. Das 104 amostras analisadas em 13 de dezembro, 9 testaram positivo para Covid. Destas, seis apontaram a mutação da variante Ômicron. Nesta terça-feira (19), foram realizados mais 32 testes, referentes aos dias 14 a 18 de janeiro. Todos apontaram a mutação.


Conforme explica o coordenador da pesquisa das variantes em Ponta Grossa, Marcelo Vicari, os casos de Ômicron correspondem à quase a totalidade dos casos positivos de Covid-19 na cidade.


Ouça abaixo:


Comments


bottom of page