• Thailan Jaros

Covid-19: 46% das pessoas atendidas no Oscar Pereira testaram positivo para a doença em três dias

O ginásio foi aberto na segunda-feira (24) exclusivamente para atendimento de casos respiratórios leves.

Foto: Thailan Jaros/CBN Ponta Grossa

De acordo com a Fundação Municipal de Saúde, 773 pessoas que procuraram o Ginásio Oscar Pereira nos primeiros três dias de atendimento testaram positivo para a Covid-19, em Ponta Grossa.


Ao todo, 1.678 pessoas foram atendidas até essa quarta-feira (26) na estrutura que funciona como "gripário". O ginásio foi aberto na segunda-feira (24) exclusivamente para atendimento de casos respiratórios leves.


A Fundação decidiu centralizar esse tipo de atendimento devido ao aumento da procura em todo o sistema de saúde no início deste ano. A medida tem o objetivo de desafogar os demais pontos de atendimento.


O Centro de Atendimento de Sintomas Respiratórios realiza acolhimento, testagem, medicação e recomendação de isolamento dos casos suspeitos e confirmados. Conforme a Fundação, também são realizadas coletas de testes rápidos para contatos de casos positivos.


Na segunda-feira foram 565 atendimentos, entre triagem e testes para a Covid-19. Desse número, 230 resultaram positivos e 289 negativos. Na terça-feira (25), foram 559 pessoas atendidas, com 249 testes positivos para o coronavírus e 305 negativos.


Na quarta-feira, foram 554 atendimentos, com 294 testes positivos e 260 negativos. Por causa da alta procura, a Fundação teve que começar a distribuir senhas para dar conta dos atendimentos no Oscar Pereira.


Conforme a pasta, são em média 500 senhas distribuídas por dia e foram necessárias para organizar o atendimento conforme a capacidade da equipe de absorver a demanda.


Qualquer caso de sintomas respiratórios leves, a população pode procurar o Centro de Atendimento de Sintomas Respiratórios, no Ginásio Oscar pereira, mas também pode procurar uma Unidade Básica de Saúde que esteja aberta.


Conforme a Fundação, 17 Unidades estão com os atendimentos suspensos por conta desse aumento da procura e também da quantidade de servidores que estão afastados.


Nas Unidades também são feitos atendimentos de grávidas, puericulturas de alto risco, renovação de receitas controladas e Hiperdia, curativos, dispensação de contraceptivos e outros medicamentos e Vacinas de rotina.


Quem tiver sintomas moderados ou graves deve procurar uma Unidade de Pronto Atendimento.