• Redação

Reabertura de igrejas, academias, condomínios e galerias é suspensa até manifestação do MP



A Prefeitura de Ponta Grossa decidiu suspender a análise dos planos individuais de funcionamento de Igrejas, academias, condomínios e galerias até a manifestação do Ministério Público sobre critérios que embasaram a expedição do decreto de reabertura desses setores.


Segundo a assessoria da Prefeitura, o Ministério Público (MP-PR) solicitou, através de um ofício, a "apresentação dos critérios técnicos, científicos e epidemiológicos que embasaram a expedição do decreto 17.258/2020", publicado na quarta-feira (22) que prevê a possibilidade de funcionamento desses segmentos. A solicitação ocorreu após audiência de conciliação entre a Prefeitura e o MP na tarde de hoje (24).


Conforme a Prefeitura, as informações serão encaminhadas dentro do prazo, mas esses setores continuam fechados até manifestação do Ministério Público sobre os dados. A assessoria explica que, mesmo sem a revogação do decreto, o funcionamento desses segmentos depende de aprovação do Comitê de Gerenciamento de Ações, portanto, a análise dos planos individuais de funcionamento só terá início após parecer do Ministério Público sobre as informações encaminhadas.


A Diocese de Ponta Grossa já havia apresentado o plano de reabertura das igrejas na tarde desta sexta-feira (24). Um comunicado foi enviado para as paróquias permitindo a retomada das missas com a participação dos fiéis a partir deste sábado (25). A assessoria da Diocese informou que a Igreja teve que recuar e as missas nas 23 Paróquias de Ponta Grossa continuam sendo realizadas sem a participação da população. "É prudente aguardarmos mais um pouco, pois durante a semana que vem teremos um parecer sobre esse assunto", afirmou, em nota, o Coordenador Diocesano da Ação Evangelizadora, Padre Joel Nalepa.


Foto: Divulgação

Visite

R. XV de Novembro, 591 

Centro 

Ponta Grossa - PR

Ligue

Fone: 42 - 3028 1300

Whats: 42 9 9994 1011